Varejo pede urgência na MP dos empregos para evitar demissões

foto15emp-101-idv-b5

Em reunião plenária realizada na manhã desta segunda-feira (22), as empresas associadas ao Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV) manifestaram grande preocupação com a possibilidade iminente de demissões em massa no varejo em todo o País diante do fechamento de lojas em todo o território nacional e da lentidão do governo em reeditar o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego, criado no ano passado por meio da Medida Provisória nº 936 e encerrado em dezembro de 2020.

A MP autorizou a redução da jornada de trabalho e do salário ou a suspensão temporária do contrato de trabalho por meio de acordos individuais em razão da pandemia do novo coronavírus, independentemente da anuência dos sindicatos da categoria.

Segundo o presidente do IDV, Marcelo Silva, “a despeito de todo o empenho da equipe técnica do Ministério da Economia, a Medida Provisória precisa ser publicada com urgência para evitar medidas extremas, como demissões no varejo, agravando ainda mais a crise de empregos no País. Por isso, necessitamos de urgente sensibilidade para a publicação da MP”.

Ainda de acordo com o instituto, a primeira rodada do Programa Emergencial de Preservação de Empregos, editada em 2020, foi uma “medida acertada para a manutenção de postos de trabalho em diversos segmentos da economia”. “O agravamento da pandemia e a adoção de medidas restritivas mais intensas neste ano, inclusive com lockdown em muitas regiões do Brasil, exigem a reedição urgente do programa”, completa o instituto, em nota.

Atualmente, o IDV representa 73 empresas varejistas de diferentes setores, como alimentos, eletrodomésticos, móveis, utilidades domésticas, produtos de higiene e limpeza, cosméticos, material de construção, medicamentos, vestuário e calçados.

Entre as associadas, estão empresas como Avon, B2W, C&A, Carrefour, Cia. Hering, Dafiti, Drogaria DPSP, Gouvêa Ecosystem, Grupo Pão de Açúcar, Grupo Boticário, Habib’s, Inbrands, Lojas Americanas, Magazine Luiza, Pague Menos, Pernambucanas, Petz, Riachuelo, Telhanorte e Via Varejo.

Imagem: Divulgação

Deixe um comentário

Preferências de privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações por meio de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.