Desenvolvimento: CDL, CMCG e Sinduscon se unem para pedir duplicação da BR230

CDL-CMCG-SINDUSCON

Reivindicação pede que obra seja executada com apoio da bancada paraibana, em Brasília

De volta ao comando da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Campina Grande, Artur Bolinha tem procurado firmar parcerias que tragam o desenvolvimento socioeconômico da cidade e, dessa forma, colaborar com a instalação de grandes empresas que resultem na geração de emprego e renda para a população e o crescimento da região.

Com este propósito, o dirigente lojista recebeu o presidente do Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário (Sinduscon – PB), Helder Pereira, além do presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, vereador Marinaldo Cardoso (Republicanos), o também vereador Sargento Neto (PSD), além do procurador geral da CMCG, Luis Phellipe Pinto Souza. Em pauta; a necessidade da obra de duplicação da BR-230/PB, DO km152 (entroncamento com a BR104) ao km 183 (até a Praça do Meio do Mundo).

Na análise de Artur Bolinha, é fundamental que toda a classe política e entidades representativas se unam em torno dessa que é, segundo ele, a principal obra a ser executada para trazer desenvolvimento para a cidade e seu entorno. “É muito importante que a gente abrace essa causa para permitir que essa região polarizada por Campina Grande consiga se desenvolver e, com isso, a gente possa ter a instalação de novas empresas e a geração de mais empregos para a população”, disse.

O projeto defendido pelos vereadores com o apoio da CDL e do Sinduscon prevê a construção de acessos diretos de entrada e saída na interseção entre a rodovia e a avenida Três Irmãs por meio das vias marginais projetadas, eliminando a rotatória e diminuindo o risco de acidentes. Também está prevista, de acordo com o projeto, a construção de um viaduto sobre a rodovia PB-138 e outro sobre a rotatória de acesso à Avenida Floriano Peixoto, próximo ao Hospital de Trauma.

“o projeto está em fase final de aprovação na Regional Paraíba do DNIT e estamos trabalhando para que ele seja aprovado em sua totalidade para que seja executado com o apoio dos nossos representantes, em Brasília”, disse Marinaldo Cardoso.

O grupo irá buscar articular junto à bancada paraibana no Congresso Nacional a destinação de emendas para permitir que a obra seja realizada, “se cada deputado destinar algum valor para a obra, ela será de fato concluída”, disse.

Deixe um comentário

Preferências de privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações por meio de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.