Rua Barão do Abiaí, 24, Centro, C. Grande/PB

SPC recupera mais de R$1,5 milhão em dívidas de campinenses no mês de janeiro

O mês de janeiro de 2020 fechou com saldo positivo no que diz respeito a recuperação de dívidas em Campina Grande.

Segundo o relatório mensal do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), divulgado nesta segunda-feira (03) pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a quantidade de consumidores que quitou as dívidas em atraso no primeiro mês do ano é 36% maior que a registrada no mesmo período do ano passado.

Conforme a análise, 842 consumidores iniciaram o ano determinados em sair da lista de devedores dos órgãos de proteção ao crédito, frente aos 620 que honraram suas dívidas durante o mês de janeiro de 2019.  Na última atualização, divulgada na primeira semana do ano, 32.792 mil CPF´s de campinenses constavam com alguma restrição. Agora, esse número diminuiu para 32.597 mil.

Segundo o presidente da CDL, Artur Bolinha, apesar de fraca a recuperação está dentro da margem esperada para o mês. “A gente sabe que no início do ano as pessoas têm muitas obrigações financeiras a cumprir e isso, de certa forma, acaba fazendo com que algumas dívidas mais antigas permaneçam sendo deixadas de lado. Mesmo assim, conseguimos fechar o mês com saldo positivo, o que muito nos anima”, disse o dirigente lojista.

Dívida das empresas também diminuiu

O SPC mostrou ainda que a dívida das empresas com sede em Campina Grande também diminuiu no último mês de janeiro.  Até dezembro de 2019 pelo menos 3.854 CNPJ´s estavam negativados junto aos órgãos de proteção ao crédito. Já nos primeiros trinta dias deste ano o número reduziu para 3.636 mil negativados.

Artur Bolinha comentou o quanto a diminuição de consumidores e empresas na lista de inadimplentes representa para a economia campinense. “Pode parecer pouco, mas em apenas um mês Campina Grande recuperou mais de R$1,5 milhão de reais em dívidas. Isso quer dizer que esse dinheiro voltou a circular no nosso comércio, o que nos permite continuarmos confiantes para o decorrer do ano”, finalizou.

Atualmente a dívida de pessoas físicas (PF) e Pessoas Jurídicas (PJ) junto ao SPC Brasil soma mais de R$ 47 milhões.

Deixe um comentário

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.