Rua Barão do Abiaí, 24, Centro, C. Grande/PB

Geração de empregos no comércio campinense tem o pior histórico dos últimos treze anos

A série histórica divulgada pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), revelou que 2019 tem se mostrado como o pior dos últimos treze anos no que se refere à geração de empregos no comércio de Campina Grande.

De acordo com os dados, de janeiro a agosto, a cidade fechou 335 postos de trabalho em atividades ligadas ao setor. O saldo negativo fica a frente de anos considerados ruins para a economia do país como 2016 (-193) e 2013 (280).  Já o ano de 2011 aparece como o melhor da série para o comércio da Rainha da Borborema, quando foram gerados no mesmo período 600 postos de trabalho. Confira o demonstrativo na tabela abaixo:

2019 2018 2017 2016 2015 2014 2013 2012 2011 2010 2009 2008 2007

-335

08

-61

-193

-71

212

280

– 4

600

492

314

475

237

     Fonte: CAGED

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina Grande, Artur Almeida, diz que os números refletem a situação atual em que o comércio da cidade se encontra, com baixo faturamento e poucas oportunidades tanto para quem deseja investir como também para quem quer trabalhar. “São poucas ou inexistentes as políticas públicas voltadas para a atração de novas empresas. Isso acaba prejudicando o desenvolvimento da economia e praticamente extinguindo a geração de empregos no setor”, declarou o dirigente lojista.

Quando observados todos os setores da economia ativa, no acumulado do ano, a cidade perdeu 675 postos de trabalho, sendo a atividade de vendedor varejista a que mais fechou vagas ao longo do ano (-94).

Deixe um comentário

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.