Rua Barão do Abiaí, 24, Centro, C. Grande/PB

Hilton Motta – A Experiência do Empreendedor – 2009 a 2014

A busca do êxito – é assim que Hilton Motta, ou carinhosamente conhecido por Tito Motta, caracteriza sua gestão. “na época, busquei agir em três frentes: aumentar o número de associados, dar continuidade ao sucesso da Liquida Campina e por fim aumentar as fontes de receita da CDL”, conta. Tito entrou para o mundo empresarial por acaso, já que vinha de uma família de comunicadores – seu pai, Hilton Motta, foi um dos mais proeminentes comunicadores da Paraíba –, tendo se formado em Economia e Direito, chegando a atuar como professor universitário. “Minha esposa na época era natural do Rio de Janeiro, e a conheci quando fazia mestrado. Quando vim para Campina Grande trabalhar na Universidade Federal, ela veio comigo e pediu-me para colocar algo pra ela trabalhar e ocupar o seu tempo livre.”, lembra.

Hilton Motta então resolveu abrir em 1983 uma loja no antigo Shopping Campina Grande, hoje Shopping Lindacy Medeiros. A partir daí, sem experiência nenhuma no ramo, ele e sua ex- esposa iniciaram as atividades que dariam origem ao grupo que engloba franquias famosas como Arezzo, Colcci, Calvin Klein, Toli, Mercatto, Sergio´s, Schultz, dentre outras totalizando 20 lojas na Paraíba e em Pernambuco. “éramos muito inexperientes, até porque eu não tinhamos referências, minha família não tinha tradição neste setor. Mas foi graças a isso que descobri minha paixão pelo comércio, que dura até hoje.”, explica.

A trajetória de Hilton como presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Campina Grande foi marcada pela construção da Fundação CDL, que em sua gestão que se concretizou. Através de terreno doado pela Prefeitura Municipal de Campina Grande, por meio do então prefeito Veneziano Vital, iniciou-se o projeto de construção. “Tínhamos dois anos para concluir tudo, ou perderíamos o direito sobre o terreno. Foi um grande desafio, pois teríamos que conseguir com recursos próprios o dinheiro para as obras. Nosso trabalho durante esse período foi todo focado para o projeto, que foi totalmente concluído com apenas os recursos da CDL.” Declara.

Na sua gestão, o empresário ampliou os serviços de certificação digital, o que tornava a CDL principal órgão na época a realizar este serviço. Também na sua gestão que foi implantado o IDEC, que era um indicador de vendas e crescimento do comércio de Campina Grande, medido mensalmente para que a CDL pudesse acompanhar mensalmente o crescimento em cada setor.

“Foi um tempo de grande aprendizado, de trabalho e principalmente de sentimento de dever cumprido. Agradeço demais a oportunidade que tive à frente da CDL de contribuir para o setor que mais amo que é o comércio. E hoje tenho orgulho de fazer parte desta história, destes 50 anos ao lado de grandes nomes que emprestaram sua competência e visão do futuro à Câmara dos Dirigentes Lojistas”, finaliza.

Deixe um comentário

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.