Rua Barão do Abiaí, 24, Centro, C. Grande/PB

Valéria Barreto Valença – A Fibra e Garra de uma Grande Mulher – 2000 a 2004

Valéria Valença é natural de São Paulo, porém veio para Campina Grande ainda nos primeiros anos de vida. Seu pai Manoel Valença foi o primeiro a trazer uma companhia aérea para Campina Grande, e Valéria passou a trabalhar com ele logo após se formar em Administração de Empresas. Passou 22 anos trabalhando com a Varig até abrir a própria empresa, a Aerovias Turismo. Nesta época recebeu o primeiro convite para participar da CDL: “Foi o Sr. Carlos Noujaim Habib que me fez o convite, na época Zouraide Silveira era a presidente. No primeiro momento não aceitei por ser muito jovem e tinha outros planos e objetivos. Depois de algum tempo terminei aceitando. Passei duas gestões como diretora, até ser convidada para suceder Zouraide como presidente. Mais uma vez resisti, contudo encarei o desafio e aceitei”, conta.

À frente da CDL Valéria conta que trabalhou principalmente para modernizar e elevar ainda mais o status da câmara como uma entidade atuante e cada vez mais útil ao lojista. Deu continuidade à modificação do SPC, que tinha se iniciado na gestão de Zouraide. “O serviço do SPC que antes funcionava de forma manual e era local, as pessoas não acreditavam no serviço do SPC por ser um banco de dados com informações locais, e só queriam utilizar os serviços do SERASA por este motivo. Então nós precisamos de algum tempo para juntar todas essas informações dos CDLs de todo o Brasil, para um único banco de dados central, centralizando todas as informações. A partir daí que surgiu o SPC Brasil, com informações de todos os lugares do país”, explica Valéria.

Segundo a ex-presidente, foi um período complicado, pois a adaptação foi um pouco conturbada, gerando alguns contratempos. Para contorná-los, Valéria teve a ideia de criar campanhas de incentivo, além de eventos para fortalecer as relações entre os empresários: “criamos várias campanhas como as de Natal, a campanha junina, o almoço empresarial que agregava o grande valor, reunindo os empresários para que eles pudessem trocar conhecimento, se conhecer e também as empresas. Trouxe também palestras de grandes nomes nacional, como Também equipes da Universidade do Rio de Janeiro, que davam cursos de pós-graduação, além de palestras e troca experiência e de conhecimento.”, afirma.

Em uma das muitas convenções de lojsitas pelo Brasil que Valéria sempre prestigiava, ela conheceu a Liquida, através de Bernardo Farias que era o idealizador do evento nas diversas cidades onde havia acontecido. “Todos ficaram surpresos quando convidei Bernardo para vir até aqui. Primeiro porque apenas cidades com CDL´s de maior estrutura haviam realizado a Liquida, todas capitais. Segundo porque o custo da campanha era alto e não tínhamos verba suficiente para realizá-la. Mas nós precisávamos de um evento como esse, algo que impactasse e desse um novo fôlego ao varejo. Tive que ir à luta em busca dos recursos necessários para a realização, mesmo com todos achando que não seria possível,” diz.

A Liquida Campina foi um marco na gestão de Valéria, pois graças à campanha, a CDL passou a ter muito mais visibilidade. “Hoje estamos entrando na décima quinta edição, o Liquida Campina é um grande sucesso, hoje a nossa versão é uma das mais bem sucedidas de todo o Brasil, e pra mim é um grande orgulho ter sido na minha gestão que o pontapé inicial deste grande sucesso foi dado. Para qualquer gestor, não há recompensa maior,” encerra.

Deixe um comentário

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.