Rua Barão do Abiaí, 24, Centro, C. Grande/PB

José Hildon Boa Ventura – Ação Em Pleno Sonho – 1967

Presidente CDL 1967

Foi o branco do algodão que trouxe o empresário Hildon Boa Ventura para a Rainha da Borborema. Natural do Ceará, abriu em 1955 em Campina Grande a REMAQ, pioneira na comercialização de equipamentos para escritório. Além de ser um dos fundadores da CDL, foi secretário e também fez parte da diretoria, trabalhando ativamente para o desenvolvimento do comércio local. Na época, realizou grandes eventos, como ele mesmo relata em entrevista feita ao jornalista Ronaldo Dinoá, para o antigo Diário da Borborema: “Fizemos entre 1966 e 1967 uma das maiores promoção de Natal da época, com desfile de Papai Noel em carro aberto, com participação de cortejo com mais 273 automóveis pelas ruas da cidade. Foi um momento inesquecível,” contou.

Hildon também fez parte da única delegação da Paraíba na 7ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, que aconteceu entre 07 e 13 de agosto de 1966 em Porto Alegre. “Foi um momento muito especial, ali estávamos representando o estado em um evento que tinha o Brasil inteiro presente. Além da troca valiosa de conhecimentos, foi uma honra representar a CDL em tão importante momento.”

Hildon sempre dividiu sua paixão pela poesia com a luta pelo desenvolvimento do comércio: “sempre fui um homem de lutar pelo sonho, de nunca desistir. Acho que sem essa coragem, esse ímpeto, não vamos muito longe. A CDL foi um lugar de lutas porque representávamos o comércio em uma economia que nem sempre estava favorável. Era preciso reconhecer nossas fraquezas e transformá-las em degraus para superá-las. É daí de onde vem nossa maior força”.Sua gestão na CDL foi marcada pelo estímulo da comunidade lojista se unir ainda mais em busca do mesmo ideal, e para isso trabalhou com afinco. “Como toda associação, a união faz a força. Somos como uma grande fogueira, se queimarmos sozinhos logo nossa chama diminuirá e se extinguirá. Mas se estamos juntos, cresceremos e nossas chamas alçarão aos céus.”, declara.

Admirado por sua austeridade, pelo seu caráter e principalmente pelo trabalho e dedicação que se tornaram sua marca na CDL, Hildon Boa Ventura marcou com louvor sua passagem pela entidade em um dos seus versos retrata bem seu jeito de conduzir a vida, tanto pessoal como profissional: Não importa o que já fui/o importante é o que sou/continuo o homem sério/que na vida extravasou,/saúde e muito critério,/trabalho e bom humor. – José Hildon Boa Ventura.

Deixe um comentário

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.